Prêmios de Comunicação contemplam trabalhos que prestam serviço à dignidade humana

Os Prêmios de Comunicação foram criados pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) com o objetivo de oferecer um reconhecimento público da Igreja Católica Apostólica Romana ao trabalho meritório de profissionais da comunicação social nos diversos meios que apresentaram suas obras e se distinguiram pelo serviço à dignidade humana e aos valores do Evangelho. Eles contemplam trabalhos que destacam valores humanos e cristãos em diversas áreas da comunicação e da arte: Cinema (Prêmio Margarida de Prata), Rádio (Prêmio Microfone de Prata), Imprensa (Prêmio Dom Hélder Câmara), TV (Prêmio Clara de Assis) e Internet (Prêmio Dom Luciano Mendes de Almeida). 

Em 2020, em sua 53ª edição, duas novas categorias foram lançadas. O prêmio Pastoral “Kerigma”, que visa o reconhecimento e o incentivo de ações desenvolvidas pelas equipes da Pastoral da Comunicação, nas paróquias e dioceses, tendo como critério a implementação das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da CNBB (2019-2023), e o prêmio “Papa Francisco”, que vai reconhecer e incentivar o trabalho dos pesquisadores em comunicação de graduação e pós-graduação, que colaboram na reflexão e no trabalho pastoral da Igreja no Brasil. 

Vencedor do prêmio “Dom Luciano Mendes”, em 2017, que reconhece o trabalho de convergência midiática realizado no ambiente virtual da internet, Rinaldo de Oliveira, afirma que a iniciativa é de extrema representatividade. “Fizemos a inscrição pela importância do Prêmio e pela dimensão que ele representa, para a partir dele, levar o trabalho do portal SóNotíciaBoa à legião de pessoas que acompanham a premiação”, contou.

O portal “SóNotíciaBoa” foi escolhido à época na categoria Portal, Sites e Blogs por quatro universidades brasileiras – PUC Rio, PUC Goiás, Católica de Salvador e Católica de Brasília – e pela Rede Católica de Rádio (RCR). “Um prêmio que agrega valor ao SóNotíciaBoa  e ao trabalho que fazemos para levar esperança e inspiração através do jornalismo positivo que fazemos há 8 anos”, disse. 

As inscrições para a 53ª edição são feitas online e tiveram início no dia 10 de fevereiro. Elas seguem até o dia 10 de maio e são feitas no site: https://premios.cnbb.org.br/inscricao/. Podem se inscrever diretores de cinema nas categorias longa e curta metragem; produtores, locutores, diretores, repórteres de programa radiofônicos nas categorias: jornalístico, religioso e entretenimento; repórteres e diretores de TV e vídeo nas categorias reportagem e documentário; repórteres que tenham suas matérias publicadas em jornal ou revista impressos ou digitais e construtores de Portais, sites, blogs, pessoas que tenham movimentos criados em redes sociais ou autores de aplicativos. 

Saiba mais em: https://premios.cnbb.org.br/ 

Fonte: https://www.cnbb.org.br/premios-de-comunicacao-contemplam-trabalhos-que-prestam-servico-a-dignidade-humana/

Deixe um comentário